sábado, 16 de setembro de 2017

Salada de Berinjela Refrescante Receita Para os Dias de Calor

Eu adoro berinjela tanto que no meu Blog “Cadernos de Receitas da D. Carmen” eu trago várias Receitas de Berinjela , tais como o Medalhão de Berinjela, a Berinjela Especial, a Berinjela Temperada e a Pizza de Berinjela.  Também em meu Ebook de Culinária “Receitas de Família para Encontros Especiais” eu apresento mais receitas com a berinjela como aperitivo, a exemplo da Berinjela Grelhada.


Enfim, agora com o calor que está voltando quis fazer uma versão bem refrescante com a berinjela. Assim, fiz uma salada cozida com a berinjela. Vamos à Receita da Minha Salada de Berinjela!

Ingredientes

2 berinjelas pequenas (eu recebi do meu fornecedor de orgânicos estavam super frescas, então procura as berinjelas bem firmes, ok!);

1 alho bem amassadinho;

Meio maço de cheiros verde (eu estava sem hortelã, mas se você tiver pode colocar umas folhas, vai ficar demais!!!);

Folhas de louro (eu não posso ver uma água fervendo que logo já coloco folhas de louro para cozinhar junto, faço isso na água do macarrão, na água do arroz, na água que uso para cozinhar legumes e tubérculos. Experimente!!! E ainda de quebra a sua cozinha ficará aromatizada, incensada no cheiro do louro, simplesmente divino!!)

Ervas secas, pimenta, sal e canela em pó a gosto (o detalhe da canela é bem interessante, pois ela dá um toque especial para o prato, parece que ela fica levemente defumada);

Suco de limão a gosto

Azeite bem regado até começar a saturação porque a berinjela fica muito gostosa com bastante azeite.

Modo de Fazer


As Berinjelas

Coloque água numa panela, acrescente sal e para saborizar e deixar o cozimento mais aromático 3 folhinhas de louro.

Coloque as berinjelas dentro. Não abra as berinjelas, à medida que ela for cozinhando você faz uns furos para testar se já está macia no centro.

A minha levou uns 13 minutos para ficar macia, mas isso vai depender do tamanho de suas berinjelas e do poder de fogo do seu fogão. Por isso, fure as berinjelas para sentir o cozimento, ok!



Preparando as Berinjelas

Depois que as berinjelas murcharem, o centro delas estiverem bem cozidas, retire-as da água e escora-as.

Observe bem a etapa de escorrer as berinjelas, isto é importante para que elas não fiquem encharcadas. Esse processo é super simples basta colocá-las num prato, incliná-lo e segurar com o garfo para elas não escorregarem e assim escorrer o excesso da água.

Berinjela escorrida agora é só amassar com o garfo, bem amassadinho, você trabalhando com ela quente é muito rápido.


Temperando as Berinjelas

Vamos começar amassando o alho, como eu disse um alho exprimindo, cuidado com a quantidade, pois o excesso de alho pode deixar a berinjela muito ardida, por isso minha dica é 1 dente de alho bem amassadinho, é o suficiente!

Pique bem miudinho o cheiro verde e misture, depois acrescente um pouco de sal, ervas secas, pimenta e sal. Eu usei o orégano que eu gosto muito com a berinjela. Experimente o tempero, é super importante experimentar a comida que estamos preparando. Agora vamos ao toque especial, coloque a canela em pó, não seja muito modesto senão você não vai sentir o sabor diferenciado, mas não exagere, mais uma vez vai a dica - experimente!!!

Agora para finalizar o limão e o azeite. Eu gosto de uma pegada mais azedinha eu usei meio limão que estava suculento. Quanto ao azeite é interessante que ele fique um pouco saturado para dar mais sabor a nossa berinjela.





Algumas Considerações sobre o Prato

Eu gosto muito da berinjela chapeada ou a berinjela levada direto à chama para assar, desidratar, cozinhar, enfim.  Dá para fazer a pasta de berinjela a partir destes processos. Eu adaptei o processo ao cozimento na água porque meu marido não gosta muito do sabor defumado que a grelha e a chapa emprestam à berinjela.

Então fica a dica se você gosta de uma berinjela grelhada experimente fazer esta salada a partir deste processo de cozimento vai ficar muito bom também. Então neste caso você vai continuar a testar o centro da berinjela, quando ela estiver bem molinha, fácil de enfiar o garfo até o centro dela estará pronta.

O processo na grelha ou na chama direto facilita tirar um pouco a casca, então você pode tirar um pouco, eu não recomendo tirar tudo, mas vai do gosto pessoal.


Bem amigxs espero que esta receita tenha agradado a vocês.


 ...


Eu continuo a divulgar meu Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais. Por isso, convido vocês a ler uma prévia que está Disponível na Amazon.


São 8 Capítulos que chamo de Cadernos (remetendo ao hábito de minha mãe colecionar suas receitas em cadernos): 

4 Cadernos para os Pratos de Carnes (vermelha, branca e peixe); 
1 Caderno para as Massas
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, aperitivos, lanches e salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? Leia A Prévia Gratuitamente: CLIQUE AQUI!!!!





disponível na

domingo, 30 de julho de 2017

Almoço Gostoso para o Dia dos Pais

Você que tem acompanhado meu Blog de Culinária "Cadernos de Receitas da Dona Carmen" sabe que tenho postado aqui deliciosas receitas que eu como "boa filha da linhagem que fui marinada" aprendi a fazer a partir da culinária da D. Carmen, minha mãe.


Mas também tenho buscado cada vez mais trazer minhas receitas, mostrando meu próprio caminho, como tenho feito nas últimas postagens, apresentando também meus próprios pratos.

Esta culinária que desenvolvi conta um pouco da minha história, minhas referências, como a cozinha de minha mãe D. Carmen, mas também conta da minha própria trajetória, como por exemplo, das influências da cozinha baiana soteropolitana, uma vez que morei em Salvador quase quatro anos, cidade muito querida por mim.

Mas toda a origem de ter-me voltado para a culinária foi fruto da minha paixão por minha mãe e pela paixão dela pela culinária. Essa aproximação com a culinária, não vou usar o termo gastronomia porque nossa cozinha é mais afetiva e menos sofisticada do que a cozinha gourmet pede, foi movida pelo sabor e pelo prazer da comida na minha vida familiar.

Meu Amor pela Cozinha e Meu Ebook de Culinária "Receitas de Família para Encontros Especiais"


Neste artigo vou falar dessa paixão e de seus frutos, bem como de como é gostoso poder compartilhar uma paixão através de uma ação ou de uma obra. Seja fazendo um prato para quem se ama, seja criando um Ebook com as Receitas que aprendeu com sua família e daquelas que você criou a partir deste conhecimento.

Meu objetivo é resgatar esse meu vínculo com a cozinha e contar sobre meu Ebook de Culinária que reflete muito essa relação afetiva.

Quero trazer você para os meus sabores e saberes de família e te lembrar de que neste Dia Dos Pais você pode demonstrar seu amor preparando um almoço bem gostoso pra ele. Ou se seu pai é um homem emancipado quem sabe ele não queira receber a família preparando um almoço bem acolhedor, não é mesmo!!!?Enfim, comida tem tudo a ver com amor, com encontros!

Então, quero te contar um pouco do meu Ebook de Culinária que foi feito justamente para este clima – O Encontro Familiar, o Encontro entre Pessoas Amigas e Amadas. E o que não falta neste Ebook são receitas afetivas e que combinam muito bem com este Clima dos Bons Encontros. Por isso meu Ebook se chama "Receitas de Família para Encontros Especiais".

O Encontro Familiar do Dia dos Pais e o Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais


E se você quer fazer aquele Encontro Gostoso para o Dia dos Pais, um Encontro Com Tudo Dentro, vai encontrar Receitas Gostosas para um Petisco, para um Prato Principal, para os Doces e Sobremesas. Você vai encontrar, enfim, sugestões de receitas para o dia dos pais, sugestões de menus e cardápios.

Já pensou um Encontro sem os Petiscos, sem chance, pois, afinal são eles que acolhem os convivas. São eles que chegam junto com a gente para receber as pessoas em nossa casa, em nosso lar! São os petiscos que dão as boas-vindas, ajuda naquele momento de criar e reconectar a intimidade, de quebrar o gelo da recepção.

Bem como falei acima meu Ebook de Receitas foi pensado para estes encontros. E dão guarida para todos os momentos do encontro: do Petisco ao Prato Principal, com excelentes sugestões de Acompanhamentos, com Sobremesas e Doces. Pratos pensados para você curtir a família, os amigos, atender ao paladar de crianças e adultos, sem muito esforço, sem muita preocupação. Pratos simples, mas que deixam marcas profundas em nosso paladar e em nossos corações.

Vou te contar como está estruturado meu Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais.

Ele é composto de 8 Capítulos que chamo de Cadernos (menção que faço ao hábito de minha mãe colecionar e organizar  suas receitas): 
Assim dividi meu Livro:
4 Cadernos para os Pratos de Carnes (carne de vaca, porco, frango e peixe); 
1 Caderno para as Massas; 
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, petiscos, aperitivos, salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Tenho certeza que aqui você vai encontrar a Receita Especial para o Dia dos Pais. 

Aonde Encontrar o Ebook de Culinária "Receitas de Família para Encontros Especiais"



Meu Ebook de Receitas está disponível na Amazon e por lá você pode ter acesso a uma prévia, pode ler, baixar e tenho certeza você vai querer adquirir este Ebook, pois ele é muito versátil com receitas fáceis, fácil de entender e de fazer, pois vem bem explicadinho e não importa o seu grau de iniciação na cozinha, você vai arrasar!!!








Bem você viu a Prévia e já imagina o que vem a seguir, só receitas para agradar a família, amigos, para deixar o encontro inesquecível.

Mas agora eu vou te passar uma receita muito boa que vai te ajudar muito na cozinha, pois ela pode muito bem ser um elemento para os aperitivos, mas também pode ser um elemento para um Prato Principal vou te passar aqui a receita arrebatadora do Catupiri da D. Carmen, minha mãe! Super fácil de fazer e com um sabor incrível.


Receita de Catupiri Caseiro

 Ingredientes
1 colher de amido de milho
250 ml de leite
1 xícara de chá de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de manteiga
1 pitada de sal





Modo de Preparo
Junte ao leite a maisena, a margarina, o queijo e a pitada de sal. 
Leve a mistura ao fogo mexendo sempre e sem parar até engrossar. Retire do fogo e coloque numa vasilha, em seguida, leva à geladeira. 


Sugestões e Dicas
Para garantir o melhor sabor use o queijo parmesão em pedaço e passe no ralador ou processador na hora. Caso escolha usar o queijo em saquinho procure uma marca de boa qualidade.

...

Bem Queridx Amigx curta bastante o Dia dos Pais e faça as receitas do Ebook Receitas de Família para Encontros Especais ou se seu pai adora ir para a Cozinha faça deste Ebook um belo presente para ele. 

E viva este Encontro como se fosse único, pois ele será mesmo!!!




sexta-feira, 28 de julho de 2017

Receita de Inverno Sopa com Inhame, Cará, Batata Doce, Mandioquinha

Quando me vi dona de casa foi que comecei a reparar na sazonalidade dos alimentos, a bem da verdade, mais pela economia que representava no bolso do que por uma observação pura e simples.




Certos alimentos de que gostava se tornavam acessíveis e eu que não sabia quando os comia, comecei a esperá-los no calendário das estações.

Foi assim que desenvolvi meu cardápio e alguns pratos começaram a fazer parte do meu calendário culinário. Isso aconteceu comigo, principalmente no outono e inverno, mais precisamente no inverno, que devido ao preço do inhame, cará, mandioquinha comecei a fazer sopas maravilhosas cheia de tubérculos substanciosos. Foi assim que comecei a criar receitas com os alimentos da estação.

Quando morava com minha família comia as tradicionais sopas de inverno: de ervilha, grão de bico, de cebola, sopa de feijão, canja, mas depois que me vi cuidando do meu próprio nariz e do meu próprio cardápio fui desenvolvendo a minha cozinha. E nela está a minha Deliciosa Sopa de Tubérculos e Legumes e Vegetais que vou passar para você agora.

Bem, como disse, são os ingredientes da época, ingredientes do outono e inverno. Fazer sopas e cremes com o inhame, o cará, a mandioquinha, não dá para não aproveitar, pois os preços ficam super acessível. O inhame, o cará e a mandioquinha que são proibitivos, ficam super acessíveis, já a batata-doce fica ainda mais barata e a abóbora que não custa muito vai às raias da loucura para se ter uma ideia este ano cheguei a pagar em julho o quilo a R$ 0,69!!

Então vamos nos preparar para a festa dos sopões quentinhos. Veja bem, você pode fazer na versão vegetariana ou não, você escolhe. Eu vou passar aqui os princípios e depois em casa você se solta e faz a sua versão, ok!


Sopa de Legumes e Tubérculos na Versão Vegetariana. Sopa com Inhame, Cará, Batata Doce, Mandioquinha entre outros Ingredientes.

Você pode pegar uns 300g de cada tubérculo e vegetal, depois de descascados eles perdem um pouco o peso. Essa receita eu fiz com os seguintes alimentos, veja abaixo.

Ingredientes

300g de inhame
300g de cara
300g de batata
300g de batata doce
300g de mandioquinha
300g de chuchu
300g de cenoura
200g de brócolis ninja
Temperos:
1 cebola grande ou 2 cebolas médias
5 dentes de alho
50 g de gengibre
1 talo de alho poró
20g de salsa
20g de cebolinha
Especiarias a gosto: açafrão, páprica picante, páprica doce, colorau, pimenta.
Ervas a gosto: louro e orégano.
Azeite a gosto.
Sal a gosto

Eu normalmente gosto de fazer minha sopa na panela comum, eu sei que isso leva muito tempo e eu quero que todo mundo faça esta sopa, super nutritiva e agasalhante, por isso para simplificar a sua vida eu fiz esta minha sopa na pressão e também deu muito certo, vou te passar este modo de fazer, ok!


Modo de Fazer

Preparando os tubérculos, legumes, verduras, temperos.

Cortar todos os tubérculos e as cenouras em rodelas.
Cortar o chuchu na longitudinal.
Debulhar o brócolis em pequenos cachos.
Cortar em rodelas a cebola e o alho poro.
Ralar o gengibre.
Amassar ou picar miudinho o alho.
Picar a salsa e a cebolinha.

Na Panela De Pressão

Refogar o alho, a cebola, o alho poró e o gengibre ralado no azeite, pode ir entrando na panela nesta ordem.

Vamos acrescentar a eles as especiarias: o açafrão, a páprica picante e a paprica doce, a pimenta, o colorau, o orégano, o louro e o sal. Quanto ao sal eu vou ajustando ao longo do cozimento, experimentando sempre. Pode começar colocando mais ou menos 1/2 colher de sopa de sal, mas você vai ajustando no decorrer do preparo da sopa. 

Comida se experimenta sim!!! Enquanto se faz você  precisa ajustar a texturas dos alimentos e o equilíbrio do sal e demais temperos.

Na Panela De Pressão - Acrescentando os Tubérculos e Legumes

Depois acrescente os tubérculos e vai mexendo os alimentos na panela: cará, nhame, batata, batata doce, mandioquinha. Depois acrescente a cenoura, o chuchu. 

Atenção: os brócolis nós vamos reservar e colocar quase na finalização, depois da pressão, por último, para mantê-los mais crocantes.

Bem até agora praticamente colocamos tudo. Acrescente a água que pode ser fria mesmo, até cobrir todos os alimentos. O cheiro verde você pode dividir e colocar um pouquinho agora, eu também gosto do sabor deles cozidos, mas reserve para colocá-los no final para ficarem mais frescos.

Mexa tudo, experimente o sal, se estiver muito leve pode colocar mais um pouco, mas lembre-se que você colocou muitos temperos, então esta sopa terá muitos sabores, ou seja, você não vai precisar tanto do sal assim, mas ele sempre entra para dar aquele toque que realça os sabores.

Feche a panela e deixe cozinhar por uns 10 minutos a partir da liberação do vapor. Passado o tempo, desligue a panela e libere o vapor com segurança, se você quiser aguardar uns minutinhos para liberar o vapor tudo bem, só fique atento que este tempo em que há pressão na panela, mesmo desligada, os alimentos ainda estarão cozinhando.

Aberta a panela você vai observar que uns alimentos cozinharam mais que outros, normal pois eles tem tempos diferentes e texturas diferentes, mas é isso mesmo que queremos!!!

Eu gosto de sentir os pedaços dos tubérculos por isso eu não bato no liquidificador só dou uma amassada mesmo com a escumadeira ou o amassador para ajudar a engrossar o caldo e nada mais. Mas, nada impede que você bata a sua sopa no liquidificador ou no processador se esta for a sua preferência, ok!

Vamos verificar a textura se você achar que precisa engrossar mais espere um pouco para colocar o brócolis, pois eles vão cozinhar por uns 5 minutinhos apenas, depois de macios, acrescente o restante do cheiro verde, regue azeite, experimente e se precisar ajuste o sal e voilá esta pronto, hummma deliciosa sopa de tubérculos, legumes e verduras da estação.




Sopa de Legumes e Tubérculos com Carne de Vaca ou Frango.

Fazendo Sopa de Legumes e Tubérculos com Carne de Vaca ( Paleta, Patinho, Coxão Duro )

Se você quiser variar com essa sopa e fazer uma versão com carne de vaca não vai ter muitas mudanças não, simplesmente você vai entrar com a carne antes dos tubérculos.

Faça assim, depois de fritar o alho, a cebola, o alho poró você coloca 500 g de carne de vaca picadas num tamanho não muito pequeno. Agora acrescente gengibre ralado, as especiarias: o açafrão, a páprica picante e a paprica doce, a pimenta, o colorau, o orégano, o louro, deixe fritar e acrescente o sal.

Depois acrescente os tubérculos cortados, a cenoura, o chuchu, mais um pouquinho de sal para pegar nos tubérculos e legumes, encha com a aguá até cobrir os alimentos, mexa, experimente o sal e se precisar faça ajustes. Coloque na pressão por 10 minutos e siga o já orientado acima.


Fazendo Sopa de Legumes e Tubérculos Com Frango ( Peito, Coxa e Sobrecoxa Desossada )

Se você quiser variar essa sopa com outra carne experimente fazer com frango. Mesmo processo da anterior, você começa refogando a carne e depois entra com os tubérculos e legumes.

Faça assim, depois de fritar o alho, a cebola, o alho poró você coloca 500 g de carne de franco picadas num tamanho não muito pequeno. Agora acrescente as especiarias, o gengibre, os louros e o orégano, frite e acrescente o sal.

Depois é só acrescentar os tubérculos cortados, a cenoura, o chuchu, encha com a aguá até cobrir os alimentos, mexa, experimente o sal e se precisar faça ajustes. Coloque na pressão por 10 minutos e faça o já orientado anteriormente.

Bem amigx, seja fazendo esta sopa na versão Vegana ou com as Carnes de Frango e de Vaca você terá uma sopa muito encorpada, uma sopa cheia de texturas, sabores e aromas.


Espero que você tenha gostado desta receita e que faça esta sopa para se aquecer deliciosamente neste inverno.

Tenho aqui neste blog culinário outras dicas de comidas quentes de inverno: a sopa de cebola e a polenta hummm receitas arrasadoras. 



NOVIDADES NO BLOG


Estou lançando o Ebook Receitas de Família para Encontros Especiais com as receitas da D. Carmen (minha mãe) com pratos maravilhosos para uma recepção familiar ou de amigos. 


São 8 Capítulos que chamo de Cadernos (remetendo ao hábito de minha mãe colecionar suas receitas em cadernos): 

4 Cadernos para os Pratos de Carnes (vermelha, branca e peixe); 
1 Caderno para as Massas
1 Caderno para os Acompanhamentos com receitas maravilhosas de legumes; 
1 Caderno para as Comidinhas, aperitivos, lanches e salgadinhos que não podem faltar nos encontros agradáveis e 
1 Caderno para Doces e Sobremesas.

Quer conferir esta Maravilha de dar água na boca? CLIQUE AQUI!!!!





disponível na


sábado, 20 de maio de 2017

Sugestões para Pão Recheado Salgado e Recheado Doce

Sou uma amante de pão e adoro pães recheados seja doce ou salgado. Mas eu prefiro o pão com fermentação natural, pois seu sabor é menos marcante na massa já que ele é feito dos próprios componentes do pão: farinha, açúcar e sal. Tem uma levada mais azedinha que cai muito bem no paladar e dá à massa um aroma inigualável.


Os pães que vou apresentar são feitos com o fermento líquido, mas existem muitos outros tipos de fermentos naturais, bem como, podem muito bem ser feitos com o fermento biológico e usando a receita que você tiver de pão ou até mesmo um pão comprado no mercado. 

Não vou te passar nenhuma receita de massa de pão, você pode usar a que você tiver. A ideia aqui é apresentar diferentes tipos de pães recheados que podem ser servidos como lanche, aperitivos e petiscos.

Pão Assando com Recheio



O clássico dos clássicos é esticar a massa do pão e distribuir sobre ela o seu recheio preferido e enrolar como um rocambole.

Na foto acima eu apresento um pão com recheio de calabresa. Eu gosto de usar a calabresa cortada em fatias finas.  Usei ainda no recheio cebola e tomates cortados em cubos, eu tempero os dois e deixo numa peneira para escorrer a água, pois o sal ajuda a desidratar um pouco o tomate e a cebola e é importante colocar no pão o recheio menos úmido. Outras coisas que acompanham bem no recheio são queijos: muçarela e parmesão, azeitonas e temperos como ervas secas e frescas, regar um azeite e voilá um recheio muito gostoso.

Você pode variar os recheios pode ser presunto e queijo com ou sem tomates; mix de frios; carne moída e queijos com ou sem ovos e azeitonas, mas com uma camadinha de ervas frescas; frango temperadinho com tomates com ou sem queijo catupiri ou requeijão. 

Opções de Recheios Vegetarianos com: verduras, legumes, cogumelos, tipo brusqueta só com tomates,cebola e azeitonas toda cortadinhos em cubo; com antepasto de berinjela, enfim, vale a sua criatividade e os seus recursos na geladeira e a mão.



Pão de Linguiça Calabresa

Pão Recheado de Presunto e Queijo

Pão de Linguiça Toscana


Pães Recheados Doces


Opções Doces no mesmo processo tradicional de esticar a massa e deitar sobre ela o recheio e enrolar como um rocambole, você pode colocar no recheio goiabada, goiabada com queijo, creme de amêndoas, brigadeiro, beijinho, doce de leite, bananada, geleias, compotas, cremes de frutas, frutas frescas e canela, enfim você libera sua criatividade.


Pão Recheado Com Pães Já Assados - Tortas de Pão


Existem várias receitas em que você pode fazer belos pães recheados a partir do Pão Já Assado. Existem a Receita de Torta de Pão de Forma ou Pão Caseiro em que usamos as fatias de pão para fazer as camadas e intercalamos com divinos recheios. Vou passar a Receita da minha Torta Festiva para vocês:

Pão Recheado Torta Festiva

Receita da Torta Festiva

Para fazê-la você precisará:
Pão de Forma ou Caseiro de 450g ou 500g 
1 peito de frango cozido e refogado no alho e cebola (podendo substituir por atum, ou alho poró refogado, ou escarola, ou ainda outro recheio de sua preferência);
1 lata de milho verde;
1 cenoura média ralada;
margarina, ou manteiga, ou requeijão, ou maionese (para untar as fatias de pães);
maionese ou cream cheese como creme;
queijo parmesão ralado para gratinar.

Modo de FazerDesfie o frango cozido e refogue com cebola, alho, pimenta, ervas secas e frescas. (reserve)
Numa tigela rale uma cenoura média em ralo grosso e acrescente 1 lata de milho verde. Tempere com sal e pimenta.
Acrescente a esta mistura o frango desfiado. Tempere com maionese e deixe na cremosidade que você preferir ( eu usei meia xícara de maionese para o recheio).

Num refratário monte o lanche da seguinte maneira:Primeiro, unte as fatias de pão com manteiga e forre o fundo do refratário com elas;
Depois, espalhe todo o recheio sobre a camada de fatias enformadas. Unte mais fatias de pão e coloque sobre a camada de recheio.  Por cima, espalhe mais maionese fazendo uma camada lisa e uniforme. Por último, salpique queijo parmesão ralado e um pouco de orégano. Leve ao forno para gratinar. Forno médio por uns 20 a 30 minutos, o suficiente para dourar o queijo.

Dicas que você deve observar para fazer esta receita:

a) não precisa untar muito os pães, uma leve camada de manteiga ou outro creme que preferir, mas dedique-se mais à camada de fundo da forma para que as fatias fiquem bem crocantes e não se queimem;
b) feche toda a camada com pão para fazer uma camada uniforme, se precisar corte pedaços do pão do tamanho das aberturas para ficar uma camada bem bonita e uniforme.
c) dê preferencia para ralar o queijo parmesão na hora, ele fica mais gostoso.
d) faça substituição de ingredientes que você preferir.
e) Este lanche pode ainda ficar mais saudável numa versão vegetariana, com pães integrais com ou sem sementes.


Outra brincadeira que eu gosto de fazer com a minha família é a Torta de Recheio de Pastel. Nele você faz o recheio do seu Pastel Preferido. Como eu adoro Pastel de Carne eu criei esta receita.


Torta Recheio de Pastel - Pastel de Carne Moída


Torta Recheio de Pastel - Pastel de Carne Moída

Ingredientes do Recheio
400g de carne moída
1 cebola
3 ovos cozidos
50 g de azeitonas fatiadas
sal, ervas e pimenta a gosto (eu usei: orégano e tomilho)
azeite
Ingredientes para Montagem do Lanche
Pão de Forma ou Pão Fatias de Caseiro Caseiro
1/2 sachê de polpa de tomate (você também pode fazer o seu próprio molho de tomate)

margarina, ou manteiga, ou requeijão, ou maionese (para untar as fatias de pães);

azeite a gosto
50 g de queijo parmesão ralado para a cobertura
Modo do Preparo

Recheio

A Carne

Aqueça o azeite e coloque a carne moída sem tempero. Deixe fritar bem e vá separando com a colher os grumos da carne.
Depois de selada a carne tempere com as ervas orégano, tomilho, pimenta e sal. Acrescente as azeitonas fatiadas, deixe cozinhar mais uns minutinhos. Corrija os temperos. Desligue o fogo, regue com azeite extravirgem e tampe a panela. Reserve.

As Cebolas

Corte a cebola em rodelas bem finas.
Em uma frigideira coloque um pouco de azeite e as rodelas de cebola e deixe fritar um pouco. Depois, coloque temperos um pouco de sal, pimenta do reino moída na hora e um pouco de orégano. Deixe fritar até ficar bem torradas e murchas. Reserve.

A Montagem

Passe manteiga dos dois lados da fatia, não precisa exagerar na manteiga, deixe as fatias bem cobertas e bem espalhadas, mas não muito besuntadas. Acomode as fatias no fundo do refratário, bem como, os recortes de pão para tampar os espaços entre as fatias, para que a camada fique bem uniforme.
Com uma colher espalhe o molho de tomate nas fatias, suficiente para cobri-las. Coloque a carne moída e espalhe bem sobre a camada de pães. Coloque as cebolas fritinhas e espalhe bem sobre a camada de carne. Corte fatias de ovos cozidos e espalhe uniformemente para que todos possam receber seu pedaço de ovo no prato. Regue com azeite extravirgem.
Coloque a segunda e última camada de pãoComo na primeira passe manteiga dos dois lados e acomode na assadeira, use recortes de fatia de pão para uma camada uniforme. Pressione com as mães ou uma colher para acomodar bem na assadeira ou forma refratária.
Espalhe o molho sobre as fatias, queijo ralado, orégano e mais um pouco de azeite. Leve ao forno até dourar o queijo, por uns 20 a 30 minutos, dependendo da temperatura de seu forno.

Outra Forma de Fazer uma Receita de Pão Recheado muito Rápido é Fazer o Pão Cortado.

Eu chamo esse Pão Cortado Recheado de Entremeio porque eu faço cortes na horizontal e vertical e vou enfiando o recheio nesses cortes.
Nessa Receita você não vai não usar o pão fatiado, pois será você que dará os cortes no pão. 
Você pode fazer com o Pão Caseiro,ou Pão Integral, ou Pão Italiano.

Pão Recheado Integral Entremeio de Queijo Branco e Ervas (acesse para ver como fiz essa receita)

 

Pão Recheado Italiano Entremeio de Queijo 


Receita do Pão Recheado Italiano Entremeio de Queijo

Ingredientes
1 Pão Italiano
2 colher de sopa de maionese
1 colher de sopa de extrato de tomate
200g de muçarela
2 tomates cortados em meia lua sem sementes
50 g de azeitonas sem caroço
50 g de queijo parmesão ralado 
ervas secas
Modo de Fazer
Faça cortes no Pão Italiano sem separar em fatias, corte no sentido transversal a cada 3 cm e na longitude faça dois a três cortes no pão.   

Prepare uma mistura com a maionese e o extrato de tomate. Separe as aberturas e passe a mistura em todo os cortes do pão. Você pode usar um pincel, uma colher ou uma espátula para fazer isso.

Enrole fatias de muçarela e vá encaixando nos espaços, afunde bem para que o recheio chegue em todo o pão.

Prepare fatias de tomates em meia lua, tempere do seu gosto e encaixe nas fendas do pão.

Corte azeitonas sem caroço em fatias e encaixe nas fendas.

Desse modo você vai entuchando o recheio nos cortes, você pode colocar o recheio que quiser, pode fazer com frango, com presunto e queijo, com fatias grelhadas de berinjela, enfim quem manda é você.

Por cima você pode ainda passar o creme sobre o pão, colocar os itens do recheio, enfeitar com tomates em rodelas e azeitonas, salpicar ervas e pimenta.

Mas uma dica e um segredinho muito importante deste Lanche é preparar um creme para passar em todas as fendas do pão e você pode usar um pincel ou uma espátula. O importante é escolher um creme bem gostoso, pode ser também um requeijão, que combine com seu recheio principal. Você já imaginou por exemplo que delícia besuntar as fendas com azeite e ervas e depois encaixar umas berinjelas grelhadas, uau divino!!! Eu ainda não fiz, mas conversando com você me veio a ideia, vou experimentar. 

Mas enfim, amigx o que interessa é o princípio da receita, ou seja, faça as fendas, besungte e entuche os recheios, simples assim.

Bem você pode estar pensando e com doce também ficaria bom? Tenho certeza que sim! Você pode fazer um brigadeiro mole besuntar todas as fendas do pão e encaixar fatias de morango, ou passar a bananada e encaixar queijo branco e salpicar canela. Olha esta aberta esta ideia para a sua aventura culinária. Mas vamos combinar uma coisa, você conta para mim o que fez?

Deixa seu comentário, conta a sua experiência culinária e bora lá fazer, ok!  :)


Um agradinho bom:
Vou deixar uma dica muito legal de formatação de pães recheados. Use a sua receita de pão e siga essas dicas extras de formatação de pães